Derrubada do veto à Data-Base dos servidores do MPGO ainda não foi à Plenário

28 de Junho de 2017, 10h14

A derrubada do veto ao projeto nº 2017001250, que concede o reajuste relativo ao ano de 2017 aos servidores do Ministério Público - GO, não foi à Plenário até essa quarta-feira (28).

O presidente do Sindsemp, Márcio Gleyson acompanhou as sessões juntamente com servidores do Ministério Público. Porém, a votação pela derrubada do veto novamente foi adiada.

Durante a votação da ordem do dia em sessão extraordinária nesta quarta, o Plenário aprovou definitivamente o projeto que prevê mudanças no plano de cargos e salários da Agrodefesa (Agencia Goiana de Defesa Agropecuária), na qual os servidores ocuparam as galerias da ALEGO e acompanharam a votação.

Espera-se que o projeto da Data-base de 2017 vá à Plenário nas próximas sessões, antes do recesso de julho. A próxima sessão ocorre às 15h dessa quinta-feira (29). 


Durante as sessões, os servidores do Ministério Público, Diogo Vieira e Ilton Alves, defenderam importância da participação dos servidores nas lutas pelos seus direitos junto ao sindicato.

O Presidente da ALEGO afirmou que realizará sessões extraordinárias, tantas quantas forem necessárias, para votar todos os projetos pendentes da pauta legislativa, portanto poderão ocorrer sessões plenárias na sexta-feira, bem como no início da semana que vem.

O Presidente do SINDSEMP permanecerá na resistencia pela aprovação desses projetos a'te o final do processo legislativo.

O SINDSEMP CONCLAMA TODA A CATEGORIA PARA COMPARECER E ACOMPANHAR ESSAS SESSÕES PLENÁRIAS NA ALEGO QUE NORMALMENTE INICIAM ÀS 15:00 HORAS.

Img_1638

Fonte: Assessoria de Comunicação